Sobre a Educação Infantil

     

    A Educação Infantil é a base para o ingresso, com sucesso, no Ensino Fundamental. Para tanto, deve-se ter um olhar diferenciado para esse momento da criança preocupando-se, sobretudo, com o seu bem estar, conforto, adaptação e os objetivos a serem alcançados.

    Esses objetivos são formulados de acordo com as capacidades que se pretende que as crianças tenham desenvolvido ao concluir a Educação Infantil, que se inicia aos 2 anos e é concluída ao final dos 5 normalmente, salvo algumas exceções.

    A evolução dessas capacidades é abordada, em nossa Escola, dentro de um projeto pré-estabelecido a cada ano. As áreas curriculares, nessa etapa, apresentam-se como “âmbitos de experiência”, e não como “área de conhecimento”, no sentido de que se referem mais às expectativas e às atividades que as crianças realizarão do que às informações e aos conhecimentos que os adultos devem transmitir-lhes.

    A estruturação dos conteúdos são por áreas e tem como finalidade principal ajudar o professor a sistematizar e planejar seu trabalho. No entanto, em nenhum caso, deve-se supor que as atividades das crianças sejam realizadas em função somente dessas áreas.

     

    Essas áreas são:

     

    - Identidade e autonomia pessoal.

    - Descoberta dos meios físico e social.

    - Comunicação e representação.

     

    A estrutura interna de cada uma delas ajusta-se ao modelo curricular adotado, embora sejam diferentes em número de blocos de conteúdos. Assim, formulam-se objetivos gerais para cada área, entendidos como as capacidades que se pretende que o aluno tenha desenvolvido, na área correspondente, ao finalizar a Educação Infantil.

    Eis os objetivos para a Educação Infantil em nossa Escola:

     

    - Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas limitações.

     - Descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem-estar;

    - Estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social;

    - Estabelecer e ampliar cada vez mais as relações sociais, aprendendo aos poucos a articular seus interesses e pontos de vista com os demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração;

    - Observar e explorar o ambiente com atitudes de curiosidades, percebendo-se cada vez mais como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente e valorizando atitudes que contribuam para sua conservação;

    - Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

    - Utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita), ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção, de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva;

    - Conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a diversidade.

    - Ampliar as possibilidades expressivas do próprio movimento, utilizando gestos diversos e ritmo corporal nas suas brincadeiras, danças, jogos e demais situações de interação;

    - Explorar diferentes qualidades e dinâmicas do movimento, como força, velocidade, resistência e flexibilidade, conhecendo gradativamente os limites e as potencialidades de seu corpo;

    - Controlar gradualmente o próprio movimento, aperfeiçoando seus recursos de deslocamento e ajustando suas habilidades motoras para utilização em jogos, brincadeiras, danças e demais situações;

    - Utilizar os movimentos de pressão, encaixe, lançamento, etc, para ampliar suas possibilidades de manuseio dos diferentes materiais e objetos;

    - Apropriar-se progressivamente da imagem global de seu corpo, conhecendo e identificando seus segmentos e elementos e desenvolvendo cada vez mais uma atitude de interesse e cuidado com o próprio corpo.